postado em: 05/05/21 as 10:00, atualizado em: 05/05/21


Nota de pesar da Ameron pelo falecimento da jornalista Cléo Subtil


A Associação dos Magistrados de Rondônia - Ameron, diante do falecimento da jornalista Cleunice Subtil de Oliveira Matias, vem por meio desta manifestar enorme pesar, face à perda irreparável para a imprensa rondoniense.

Mais conhecida nos meios midiáticos como Cléo Subtil, a jornalista exerceu um profícuo trabalho jornalístico ao conceder voz às minorias e buscando de todas as formas respostas aos problemas levantados pela comunidade. Cléo sempre buscou seguir a cartilha ética da profissão e por isso se tornou referência na carreira jornalística, pois se preocupava em checar as informações para assegurar a credibilidade e a legitimidade da mensagem ao público.

Prestou relevantes serviços à sociedade rondoniense enquanto comunicadora social e professora universitária. Foi coordenadora de jornalismo na TV Allamanda, afiliada ao SBT em Rondônia; editora-chefe e repórter na TV Rondônia/Rede Amazônica afiliada da Rede Globo durante 20 anos; docente nos cursos de Comunicação na Faculdade Interamericana de Porto Velho (UNIRON) e na Fundação Rede Amazônica; atuava como chefe de Redação na Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Porto Velho – sendo este o último local de trabalho da jornalista que ainda teve algumas passagens por outros veículos de comunicação.

Com apenas 47 anos de idade, Cléo Subtil era casada há 25 anos e deixa três filhos. No dia 18 de abril, a jornalista havia perdido o marido para a COVID-19, a mesma enfermidade que a vitimou.

A magistratura rondoniense lamenta profundamente essa perda, emite a sua solidariedade e presta seus pêsames aos familiares e amigos. Rogamos a Deus às nossas preces para que a família encontre forças e assim supere a dor pela perda irreparável.

Nossas condolências, respeito e homenagens.

Porto Velho, 05 de maio de 2021

Euma Mendonça Tourinho

Presidente da Ameron

Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus