postado em: 12/04/21 as 12:00, atualizado em: 13/04/21


Portaria remota entra em operação na sede social da capital



Entrou em plena operação desde a quinta-feira (1), a portaria remota da sede social da Ameron. O dispositivo tem funcionamento 24 horas e consta relatório e registro de acesso de todos os associados que entraram na sede; disponibiliza aos usuários dispositivos personalizados, como QR Code, tags e controles veiculares que substituem as chaves tradicionais; o compartimento possui software e hardware que fazem a leitura e o registro dos dados com agilidade; e há ainda inúmeros outros benefícios.

A implantação da portaria remota é uma sugestão do associado Glodner Luiz Pauletto que é membro do Comitê de Segurança do TJRO. A instalação do sistema foi aprovada na reunião da diretoria da Ameron ocorrida em janeiro. Esse compartimento é um modelo comumente utilizado em condomínios, sobretudo, nas regiões metropolitanas.

A instalação da portaria remota diminui custos operacionais; permite auditoria com acesso as imagens; horários e áudios nas proximidades; tem maior eficácia no registro dos atendimentos; captura imagens e áudios de visitantes e prestadores de serviço.

Caso o associado tenha alguma dúvida sobre a instalação do leitor de QR Code ou sobre o funcionamento da portaria remota, basta entrar em contato com a administração da sede social de Porto Velho.

Para reforçar ainda mais a segurança, nas últimas semanas, a sede social recebeu uma equipe especializada para implantação de cercas elétricas com concertina. O artefato foi inserido ao redor dos muros da Associação. As cercas elétricas também terão monitoramento. Foram instaladas 16 câmeras na portaria, com abrangência do galpão e apartamentos. As câmeras de monitoramento que ficavam na portaria devem ser realocadas para atender ao novo circuito de segurança da sede, totalizando 30 câmeras na sede da capital.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus