postado em: 13/05/20 as 16:30, atualizado em: 13/05/20


Moradores do Orgulho do Madeira recebem assistência da Campanha SOS.RO


Com o apoio do terceiro setor, a campanha “SOS.RO: Juntos, somos mais fortes!” completou mais uma missão ao levar mantimentos para as famílias que vivem no afastado condomínio popular denominado Orgulho do Madeira, onde foram entregues 53 cestas básicas para as famílias carentes e vulneráveis a pandemia do Covid-19 (coronavírus).

A identificação das famílias mais necessitadas passou por uma rígida triagem dos voluntários que, inclusive, chegaram a visitar algumas residências para constatar a gravidade da condição social em que tem enfrentado a pandemia. “Antes de conseguirmos as cestas, nós estávamos fazendo sopa e entregando todos os dias, por uma semana e alimentando mais de duzentas pessoas. Um propósito que assumimos enquanto não conseguíssemos as cestas para todas as famílias para que todos os dias as pessoas tivessem ao menos uma refeição digna e bem nutritiva. No sétimo dia as cestas chegaram”, comemora a pastora evangélica Marília Uchôa Lima. A voluntária conta que realizou o cadastro de 53 famílias que visitou, mas acredita que o número de necessitados ultrapassem as 600 famílias, de acordo com relatórios encaminhados pelos síndicos de cada quadra do residencial. Um número que pode crescer ainda mais a cada dia que aumenta o tempo de vigência das medidas restritivas de prevenção ao coronavírus.

Além dos trabalhos de evangelização, a pastora Marília Uchôa Lima também é moradora do residencial e conta que se surpreendeu ao fazer o levantamento das famílias mais necessitadas de alimentos. “Nós visitamos uma senhora que está no grupo de risco, não tinha o que comer e estava há três dias se alimentando tão somente de pão. Mas graças a Deus conseguimos entregar a cesta básica na casa dela”, revela comovida.

Mesmo após a entrega das 53 cestas básicas, os trabalhos na região não pararam, pois os voluntários do Ministério da Embaixada do Reino de Deus, igreja que a Marília pastoreia, em parceria com o Instituto Norte Amazônia de Apoio ao Terceiro Setor (INATS) tem buscado adquirir mais alimentos para outras famílias necessitadas. “A grande maioria das pessoas que foi cadastrada está desempregada ou é autônomo. Há muitas mães de família, mulheres solteiras e sozinhas, sem o companheiro. Algumas mulheres com companheiros que estão detidos e vem pedir ajuda porque não tem o que dar aos filhos, nem fraldas. É uma situação muito delicada”, confessa a líder religiosa.

O Ministério da Embaixada do Reino de Deus é uma igreja que foi fundada há um mês na comunidade do Orgulho do Madeira, a instituição sequer detém sede física, mas tem executado os trabalhos voluntários em tenda. Enquanto que o Instituto Norte Amazônia de Apoio ao Terceiro Setor (INATS) existe há cinco anos em Porto Velho, a entidade também executa ações com objetivo de amparar as pessoas em condição de vulnerabilidade social.

Com mais de quatro mil unidades habitacionais, onde vivem cerca de 20 mil pessoas, o Residencial Orgulho do Madeira é um dos empreendimentos de habitação popular erguidos pelo Governo Federal para cobrir o déficit de moradias, sobretudo, das camadas sociais mais pobres.

A campanha “SOS.RO: Juntos, somos mais fortes!” é uma realização da Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), Associação dos Membros do Ministério Público (Ampro), Associação dos Defensores Públicos do Estado de Rondônia (Amdepro) e Tribunal de Contas Estadual.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus