postado em: 11/12/19 as 22:00, atualizado em: 11/12/19


Jayme de Oliveira despede-se da presidência da AMB


Após um triênio de intenso trabalho em defesa das prerrogativas e pleitos da Magistratura, Jayme de Oliveira despede-se da presidência da AMB com muitos motivos para se orgulhar.

Nesta quarta-feira (11), no Superior Tribunal de Justiça (STJ), na cerimônia de posse de sua sucessora, Renata Gil, ele enalteceu a sua família – filhos, enteados e a esposa, Hertha de Oliveira -, além da diretoria, funcionários, ministros e demais autoridades do Judiciário que colaboraram para o sucesso de sua jornada.

“Há três anos, ao assumirmos a AMB, era tempo de abraçar. Hoje, é tempo de ir e de agradecer”, disse, emocionado.

Durante seu discurso, Jayme de Oliveira ainda agradeceu a atuação de importantes nomes de sua diretoria. “Quatro mulheres simbolizaram a gestão que hoje se finda. São elas Maria Isabel da Silva [vice-presidente administrativa], Maria Rita Manzarra [diretora-tesoureira adjunta], Julianne Marques [vice-presidente de Direitos Humanos] e Renata Gil [vice-presidente Institucional].”

À magistrada empossada, a quem apoiou desde o início de sua candidatura, ele desejou votos de uma gestão exitosa. “Renata, seja feliz como eu fui, e mais ainda. Você é a nossa liderança, o nosso farol, e nós estamos com você”, disse.

Fizeram parte da mesa, além de Jayme de Oliveira e Renata Gil, os ministros Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF); João Otávio de Noronha, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ); Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça; Sergio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública; Carlos Vilhena, subprocurador da República; Felipe Santa Cruz, presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); Francisco Camelo, ministro do Superior Tribunal Militar (STM); e Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro.

Fonte: Assessoria de Comunicação - AMB

comments powered by Disqus