postado em: 06/11/18 as 12:45, atualizado em: 07/11/18


Estão abertas vagas para o Curso de Segurança para Magistrados de Rondônia


Com atividades práticas e teóricas, a Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), em parceria com a Escola da Magistratura (Emeron) e a Polícia Militar do Estado realiza entre os dias 29 e 30 de novembro o Curso de Segurança para magistrados. No primeiro dia as atividades ocorrem na sede social da Ameron, no dia seguinte o curso será deslocado para os estandes de tiros da Polícia Militar. Ao todo são oferecidas 20 vagas e o prazo final para manifestação de interesse encerra nesta quinta-feira (8).

O presidente da Ameron, desembargador Alexandre Miguel, explica a importância em realizar esse curso especificamente para os juízes e desembargadores do Poder Judiciário de Rondônia. “Verificamos o crescente problema vivido por magistrados, principalmente com os que lidam com o combate à criminalidade, à Execução Penal e os que passaram a ser ameaçados de alguma forma pelo crime organizado ou por pessoas que já condenaram”, explica o presidente da Ameron.

Um dos coordenadores do curso é o juiz de direito da comarca de Porto Velho, Renato Bonifácio que explica a preocupação da Ameron no sentido de oferecer um treinamento mais adequado para minimizar os riscos inerentes à profissão. “Esse curso não será necessariamente voltado para tiros ou manuseio de armas de fogo. Seá um curso envolvendo a segurança ampla dos magistrados no que diz respeito à internet, às situações de trânsito, às comunicações e até mesmo às abordagens das pessoas. O magistrado precisa ficar atento ao que possa acontecer em seu entorno, ao redor de sua residência e também aos riscos nos trajetos para o trabalho ou outras atividades corriqueiras”, aponta o magistrado.

As atividades teóricas serão realizadas no primeiro dia do curso, na sede da Ameron, e com algumas atividades práticas no que diz respeito a abordagem. No segundo dia, o curso estará focado nas atividades práticas que vão acontecer no estande de tiros da Polícia Militar. Cinco vagas estão reservadas para juízes que sofrem com problemas de segurança e que muitas vezes andam escoltados com reconhecida ameaça à vida deles. No entanto, outras 15 vagas estão abertas e serão analisadas pela Ameron e Emeron se estarão hábeis para participar do curso.

As atividades serão acompanhadas pelo juiz baiano Vinícius Simões, mestre e doutorando em segurança pública com longa experiência na condução de cursos dessa natureza. O magistrado baiano vai contar com o auxílio dos oficiais da polícia militar para oferecer as noções táticas e manuseio das armas de fogo aos magistrados.

Na última sexta-feira (01) foi lançado o edital convidando os magistrados interessados a se inscreverem para o Curso de Segurança. Os interessados devem procurar pelo Conselho da Magistratura e mediante a uma inscrição via SEI, procedência padrão de comunicação entre magistrados. As inscrições serão direcionadas a Emeron que junto a Ameron farão a seleção para o preenchimento das 15 vagas livres para magistrados que ainda não correm riscos eminentes de segurança.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus