postado em: 06/08/18 as 09:47, atualizado em: 07/08/18


Vice-Presidente da Ameron marca presença na posse do novo membro efetivo do TRE


O ex-secretário geral do TJRO, juiz Ilisir Bueno é o mais novo membro da Corte Eleitoral de Rondônia, o magistrado foi empossado na tarde desta quarta-feira (1), em solenidade que teve a presença da vice-presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron) Inês Moreira da Costa – neste ato representando o presidente da Ameron.

Mais de 1 milhão e cem mil eleitores vão às urnas em Rondônia, no mês de outubro, para escolher presidente da República, governador, senador e deputados federais e estaduais. “Este ano teremos eleições importantes para a definição da situação política do Brasil. O Tribunal Regional Eleitoral desempenha um papel muito importante na condução desse processo, para garantir que a escolha democrática dos eleitores seja feita de forma legítima”, explica a vice-presidente da Ameron, Inês Moreira da Costa que complementa, “é muito bom contar com o Dr. Ilisir como membro da Corte Eleitoral, porque é um magistrado com grande experiência na temática eleitoral, tendo participado de todas as eleições desde que tomou posse na carreira da magistratura, e tenho certeza de que unirá seu conhecimento e ética para, junto com os demais membros, garantirem a lisura das eleições”, pontua a magistrada.

Natural de Ji-Paraná/RO, o novo juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia ingressou na magistratura estadual, por meio do IX concurso de admissão à carreira da magistratura, em 1994. Iniciou as funções judicantes nas comarcas de Porto Velho, Cacoal, Pimenta Bueno e Espigão do Oeste. “O eleitor não deve confundir certos candidatos com os candidatos certos”, declarou o novo integrante da Corte Eleitoral.

O juiz Ilisir Bueno exercia o cargo de juiz auxiliar da presidência do TJRO e também a função de secretário-geral do Tribunal. Agora ele passa a compor os trabalhos na Justiça Eleitoral durante o biênio 2018/2019. Ao todo o Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia tem sete membros, dos quais dois cargos são ocupados por desembargadores da Justiça Estadual, duas cadeiras são destinadas aos juízes de primeiro grau de jurisdição, e ainda um juiz do Tribunal Regional Federal e dois advogados indicados pelo Tribunal de Justiça e nomeados pela Presidência da República.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus