postado em: 13/12/17 as 12:05, atualizado em: 13/12/17


Magistrados comemoram 30 anos de ingresso na carreira


No Dia da Justiça, as comemorações se estenderam a um grupo seleto de magistrados que ingressaram na carreira em 1987. Os juízes que foram aprovados no IV concurso público para magistratura do Estado de Rondônia completaram 30 anos e para celebrar essa data, o grupo se reuniu em um jantar especial.

Cada um dos homenageados levou para casa uma placa comemorativa em agradecimento aos relevantes serviços prestados à sociedade rondoniense em sessão solene especial realizada, do Pleno do TJRO, nesta segunda-feira (11). O presidente da Ameron, desembargador Alexandre Miguel entregou as placas aos desembargadores Raduan Miguel Filho, Marialva Henriques Daldegan Bueno Cardoso, Oudivanil de Marins e Daniel Ribeiro Lagos. “São seres humanos que dedicaram metade de suas vidas à Justiça de forma abnegada em favor da sociedade”, avalia o presidente da Ameron.

Na data de sete de dezembro de 1987, os juízes Francisco Prestello de Vasconcellos, César Rubens de Souza Lima, Raduan Miguel Filho, Antônio Feliciano Poli, Marialva Henriques Daldegan Bueno Cardoso, João Albuquerque Nunes Neto, Mozart Hamilton Bueno, Rubens Vasconcelos Martins, Virgínia Maria de Abreu Lima Guimarães Vasques de Freitas, Nelson Henri da Silva, Roberto Jorge Aur, Oudivanil de Marins e Daniel Ribeiro Lagos foram empossados pelo então governador do Estado de Rondônia, Jerônimo Santana.

Dos trezes juízes aprovados no concurso, apenas Roberto Jorge Aur e João Albuquerque Nunes Neto faleceram, sete estão aposentados e quatro ainda continuam a exercer as atividades judicantes, ascenderam a carreira e atualmente ocupam uma cadeira na Corte de Justiça do Estado, são eles os desembargadores: Raduan Miguel Filho, Oudivanil de Marins, Daniel Ribeiro Lagos e Marialva Henriques Daldegan Bueno Cardoso.

Dos juízes que ainda estão em atividade, o desembargador Raduan Miguel Filho ao ser empossado foi designado para a comarca de Ji-Paraná, o desembargador Oudivanil de Marins começou a carreira atuando em Cerejeiras, a desembargadora Marialva Henriques Daldegan Bueno Cardoso iniciou a trajetória na magistratura prestando serviços jurisdicionais na comarca de Ouro Preto do Oeste e o desembargador Daniel Ribeiro Lagos se direcionou à comarca de Costa Marques logo após ser empossado.

Para um dos idealizadores desse reencontro, desembargador Raduan Miguel Filho, “é saudável que se mantenha a amizade entre os magistrados, principalmente aqueles que estiveram juntos na iniciante e mais difícil fase de ingresso na magistratura”, pontua.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Ameron

comments powered by Disqus